Alimentos OrgânicosOs orgânicos são alimentos em que não há a presença de inseticidas, agrotóxicos e nenhum outro tipo de veneno. Ele é cultivado naturalmente, sem a influência de produtos que ajudam no crescimento, sua base depende do meio ambiente e do esterco de animais, da rotação de culturas, da adubação verde, da compostagem e do controle biológico de pragas e doenças. Essa prática também é chamada de plantação sustentável e contribui diretamente para o meio ambiente.

A produção orgânica previne erosões no solo, protege a qualidade da água, através do controle de qualidade e promove a biodiversidade, contribuindo para a saúde humana e a preservação do meio ambiente. Sem contar que o sabor do alimento é natural. Apesar disso, os orgânicos perdem para os alimentos com DNA (material genético) alterado em número, quando se trata de produção em larga escala.

Veja abaixo a lista de doze frutos, feita pelo grupo The Environmental Working Group’s Shopper’s Guide, que são aconselháveis para o consumidor adquirir orgânicos, livres de defensores agrícolas, pois tendem a acumular grande quantidade de agrotóxicos:

  • Pêssego
  • Aipo
  • Couve “galega”
  • Morango
  • Maçã
  • Mirtilo
  • Nectarina
  • Pimentão
  • Espinafre
  • Cereja
  • Batata
  • Uva

Mitos e Verdades sobre Transgênicos

Impactos na Saúde - (mito)

É um assunto que gera bastante discussão em qualquer parte do mundo. Afinal, posso utilizar alimentos transgênicos sem me preocupar? Segundo os cientistas, não há registros que os transgênicos ofereceram danos à saúde humana. Esses alimentos estão no mercado de países como Estados Unidos e Argentina há quase dez anos. Embora mencionem que causam alergia, não há registros, mas isso não quer dizer que não existam riscos.

Erradicar a Fome - (mito)

A ideia seria excelente se fosse verdade. As empresas vendiam a ideia de que os transgênicos acabariam com a fome no mundo. Mas, os contrários à nova tecnologia alimentar disseminaram esse mito que virou uma"verdade". O problema da fome não será sanado pela superprodução, uma vez que a causa da fome vem da má distribuição de renda.

As Sementes Transgênicas mais Resistentes? (verdade)

As sementes têm seu material genético alterado. Feitas em laboratórios, são projetadas para se tornarem invulneráveis à ação de pestes que atacam normalmente as lavouras. Nelas, são introduzidas genes de bactérias como, por exemplo, o milho. Desenvolvido por empresas de biotecnologia, o milho BT, por exemplo, contém o gene da bactéria Bacillus Thuringiensis, que permite que ele desenvolva características defensivas como proteínas tóxicas que combatem certas espécies de pragas assoladoras do milharal.

Desenvolvimento de Insetos Resistentes - (verdade)

A verdade acima traria para os agricultores grandes avanços, afinal, não teriam mais tantas perdas nas lavouras com as "sementes superpoderosas". Mas, juntamente com sementes poderosas, vêm insetos poderosos. Os pesquisadores indicam que existe uma lagarta da lavoura transgênica que cruza com a da lavoura convencional e essa nova lagarta desenvolve tolerância aos herbicidas.

O Alimento Transgênico tem Vantagem sobre o Orgânico? - (verdade e mito)

Trata-se de um mito e uma verdade, pois essa afirmação ainda está em desenvolvimento. As sementes transgênicas vêm sendo aperfeiçoadas no decorrer dos anos. De acordo com os cientistas, os transgênicos trazem benefícios nutricionais. Os alimentos orgânicos apresentam apenas alguns benefícios que com os transgênicos muda totalmente, podendo o cientista adicionar novas proteínas como, por exemplo, o Ômega 3, na soja. As plantações são tolerantes às pragas ao contrário das plantações naturais que necessitam de várias levas de agrotóxicos, que poluem tanto o solo quanto o lençol freático e prejudicam populações que utilizam o poço artesiano. Contudo, os agrotóxicos usados são menos agravantes que os da nova biotecnologia com seus venenos hiperpotentes.

Transgênicos são mais Baratos? (verdade)

Como os cientistas detentores da biotecnologia afirmam, os transgênicos reduzem consideravelmente o uso de agrotóxicos, isso deixa o custo do manejo menor e, consequentemente, diminuem-se os custos do plantio. Essa redução nas lavouras ameniza o preço do alimento para os consumidores. Por isso, uma das promessas era a erradicação da fome no planeta com a descoberta dos transgênicos.