Milho SabugoOs alimentos transgênicos são alvo de grandes discussões e há discordância nas opiniões de ambientalistas, empresários e consumidores. Várias hipóteses a respeito dos transgênicos são difundidas no mundo inteiro, entretanto, os contrários à inovação da indústria de alimentos especulam que os produtos geneticamente modificados causam impactos negativos ao meio ambiente e à saúde. Esse assunto se tornou tema de interesse dos consumidores de todo o mundo.

De acordo com pesquisadores, os transgênicos trazem diversos benefícios à população, mas ele não recebe apoio dos ambientalistas e de uma parcela de consumidores. A falta de conhecimento desse assunto novo gera insegurança, pois os estudos feitos com a biotecnologia são recentes para quem compra os alimentos. Há quem prefira adquirir apenas as mercadorias de origem convencional.

As pesquisas com alimentos transgênicos partem dos resultados obtidos na década de 50, com a descoberta do DNA (material genético) pelo norte-americano James Watson e o britânico Francis Crick. Ao longo do tempo, estudiosos da Engenharia Genética notaram que os produtos transgênicos tinham atributos impossíveis de serem conseguidos através de técnicas de cruzamento tradicional. A partir daí, aprofundaram as pesquisas com alimentos transgênicos.

Estados Unidos e Argentina usufruem da tecnologia desde o ano de 1996. No entanto, os geneticamente modificados ganham espaço nas lavouras, sendo no continente americano, o lugar onde estão localizados os maiores produtores das sementes transgênicas. A Argentina, por sua vez, está entre um das líderes em exportação, com seu índice elevado de produção de soja geneticamente modificada.

Embora a biotecnologia esteja em processo de expansão no Brasil, o país não fica para trás no quesito mercado exterior: ele é o recordista em exportação de sementes convencionais. Existe em pequena quantidade produtos que contém a nova biotecnologia, surgem várias especulações sobre os efeitos colaterais de alimentos transgênicos, mas essa nova indústria começa a ganhar espaço no mercado, mas ainda cresce lentamente.

O que são Alimentos Transgênicos?

Os alimentos transgênicos são aqueles cuja parte do seu material genético foi modificado através de manipulação. Os seres têm o DNA alterado em laboratório, o que permite a eles adquirir novas características que não são as naturais; isso que os diferencia do alimento convencional. Por exemplo, uma vaca com um gene de mulher podendo gerar leite materno.

As sementes desenvolvem atributos como a tolerância às pestes, algo que não é comum em sementes de plantações tradicionais. Os transgênicos são desenvolvidos em qualquer tipo de clima e suas sementes são patenteadas pelas empresas que as fabricam. Além disso, os agricultores têm que assinar um termo de compromisso que impede a semente de ser plantada no ano seguinte, uma prevenção contra a possível revenda dos produtos.

As sementes transgênicas estão se enraizando no mercado. As empresas lucram muito dinheiro com a biotecnologia, portanto apresentam uma infinidade de vantagens oferecidas por seus produtos, porém nem tudo é bem aceito como se pensa: essa nova tecnologia demonstra uma série de desvantagens que preocupam os ambientalistas e consumidores. Mas de acordo com pesquisadores apresentam certos benefícios:

Vantagens dos Alimentos Transgênicos

  • Os transgênicos, por terem seu código genético modificado, se tornam mais resistentes à ação de agrotóxicos, o que contribui para a preservação do meio ambiente, uma vez que o mau uso desses pesticidas contribui para a poluição dos terrenos e lençóis de água;
  • Os transgênicos não necessitam da mesma quantidade de inseticidas e agrotóxicos que são utilizados na conservação do plantio de sementes convencionais.
  • Em sua produção ocorre a redução do uso de maquinários agrícolas, movidos a combustíveis derivados de petróleo. Dessa forma, propicia a diminuição da emissão de gases poluentes na atmosfera;
  • Os geneticamente modificados se adaptam facilmente a climas distintos, além de ajudar no combate à obesidade e ao colesterol. Assim, a produção dos transgênicos fica mais barata, pois há uma redução quanto à compra de pesticida;
  • As espécies que são cultivadas são preparadas com as características desejadas, visto que são alteradas segundo os resultados de pesquisa dos cientistas.

Desvantagens dos Alimentos Transgênicos

  • O uso excessivo dos organismos geneticamente modificados causa o empobrecimento da biodiversidade e ainda ocasiona o surgimento de pragas mais fortes, da mesma forma que extingue os insetos que beneficiam a agricultura, como, por exemplo: abelhas, minhocas, etc. Esses impactos podem se tornar irreversíveis;
  • Em relação ao ser humano, os transgênicos provocam alergias alimentares, alterações no sistema imunológico e em órgãos vitais. Esses produtos trazem também problemas gastrointestinais e tolerância contra antibióticos das bactérias presentes no organismo humano.

Polêmica dos Alimentos Transgênicos

Caveira Veneno

O uso dos transgênicos para fins de mercado gera grandes debates a nível mundial. O Greenpeace, grupo ambientalista, é contra o cultivo dos OGMs (Organismos Geneticamente Modificados), em união com os europeus, que conseguiram milhões de assinaturas em campanhas antitransgênicos. Países como Chile, na América do Sul, Suíça, França e outros da União Europeia aboliram a cultura de OGMs em acordo com ambientalistas de todo o mundo, que alegando que os transgênicos prejudicam a saúde humana e o meio ambiente.

Esses produtos proporcionam valores nutricionais aos alimentos que o convencional não tem a capacidade de fornecer. A soja modificada pode produzir o Ômega 3, encontrado na carne dos pescados, por exemplo. Existe pressão contra os alimentos geneticamente modificados pelo fato das plantações utilizarem agrotóxicos com potência superior e o uso desses herbicidas ter aumentado consideravelmente, causando, assim, grande impacto negativo ao meio ambiente. As herbicidas servem para eliminar as ervas daninhas e o mato que permanecem em plantações, em contrapartida, o Greenpeace reprova a eficácia dos herbicidas.

As corporações que desenvolvem essas tecnologias, segundo movimentos ambientalistas da web, têm agido erroneamente, descumprindo a ética das políticas ambientais. Pessoas de diversos locais no mundo inteiro fazem movimentos antitransgênicos. Na internet é possível acessar um vídeo denominado “As corporações” onde é possível presenciar a ação desrespeitosa das corporações com o meio ecológico. Não apenas esse, mas no documentário “Mundo segundo a Monsanto”, é possível conferir os perigos causados pelo crescimento exacerbado das plantações transgênicas.

No meio científico também há discrepância entre opiniões, pois alguns dos pesquisadores dizem que é cedo afirmar qualquer coisa sobre transgênicos que provocam danos à saúde humana. Porém estudos realizados no Japão revelam que grande parte da população consumidora de produtos transgênicos tem adquirido alergias, efeitos colaterais, oriundos de produtos modificados geneticamente. Essa questão da produção transgênica engloba diversas áreas: social, política e econômica.

As empresas vendem a boa imagem dos transgênicos e apresentam para os agricultores múltiplas vantagens que trazem os produtos geneticamente alterados. Mas a população ainda não está totalmente convencida e os jornais demonstram que agricultores não têm visto as vantagens dos produtos. Há muitos casos de escândalos e os fazendeiros rebatem com a qualidade das sementes e a eficiência de seus produtos.

Curiosidades sobre os Transgênicos

Você Sabia...

  • Ponto InterrogaçãoQue o Brasil é, de acordo com dados do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - Consea, o país que mais compra agrotóxicos no mundo?
  • Que o cultivo dos transgênicos aumenta o uso de agrotóxicos, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, e ao contrário do que diziam as empresas de biotecnologia, sendo a soja Round up resistente ao herbicida?
  • Que o uso de herbicidas como Round up Ready, pode ser altamente nocivo à saúde humana e ao meio ambiente?
  • Que as sementes transgênicas provocam anomalias na biodiversidade, podendo tornar extintos os seres que são essenciais para o plantio, comoa abelha, a minhoca e outros?
  • Que diminui a emissão de gases poluentes provenientes do uso de maquinários agrícolas?
  • Que no Brasil existem produtos transgênicos que foram banidos pela União Europeia?
  • Que um salmão com um gene de porco pode comer mais que o habitual e em um ano ficar do tamanho de um salmão de cinco anos?
  • Que os EUA são produtores de dois terços das áreas cultivadas de transgênicos no mundo?
  • Que pode existir maconha transgênica?
  • Que boa parte da carne brasileira é transgênica?
  • Que o leite também é?
  • Que o Brasil é o maior exportador de sementes convencionais?
  • Que o Vaticano aprova o uso dos transgênicos?